15 re(v)oluções para o Ano Novo

15 re(v)oluções para o Ano Novo

Debaixo da asa do Ano Novo cabem, invariavelmente, grandes expectativas. O verdadeiro momento “Transformers” do ano!

 

Começamos de forma ousada e impetuosa… Fiéis ao mote: “Agora é que é!”. Mas quando damos conta já fomos capturados pelo “Garfield” que há em nós e a motivação, que era tão fulgurante, agora já só está bem deitadinha e a comer lasanha…

 

O mais comum é termos uma relação de amor/ódio com as resoluções de Ano Novo. Os mesmos objectivos repetem-se, já empoeirados, ano após ano, representando mais uma utopia do que uma meta.

 

Há um motivo para as resoluções tradicionais não “sobreviverem” ao primeiro mês do ano. Ideais como perder peso, deixar de fumar, mudar de emprego, encontrar o amor da vida ou ser feliz, são sem dúvida bons objectivos. Mas a maioria das vezes são definidos a partir de um lugar de ansiedade, frustração, medo, raiva e desespero.

 

Por exemplo, queremos perder peso porque odiamos o nosso corpo. Mudem a perspectiva! Convertam o vosso objectivo em sentirem-se bem na vossa pele. Tratem do vosso corpo com respeito, porque o amam, porque é a única coisa que é realmente vossa e da qual depende a vossa vida. Compreendem a diferença?

 

 

Isto capacita-nos de dentro para fora, dá-nos razões palpáveis e motivação genuína para conseguirmos fazer as mudanças fundamentais.

 

 

Como já estamos na segunda semana de Janeiro e provavelmente muitas das deslumbrantes resoluções já se transformaram em abóboras… E com elas, todo um rol de emoções que vão da desilusão à autocomiseração. Não se martirizem por isso, não vale a pena!

 

Agora que já podemos voltar a pôr os pés no chão, considerem revisitar a vossa lista de resoluções de Ano Novo e acrescentar estas 15 novas ideias:

 

1 | Libertem-se do que já não vos faz sentido. Material e Emocional.

 

2 | Vivam menos por hábito e mais por intenção. Desliguem o piloto automático.

 

3 | Abracem a incerteza. Sempre assim foi e sempre assim será! Aprendam a apreciar o caminho.

 

4 | Sejam tolerantes e gentis convosco.

 

5 | Foquem-se mais nas coisas boas e menos nas coisas más. Relativizar é uma arte.

 

6 | Deixem de se desculpar e justificar, constantemente, perante os outros.

 

7 | Elevem a vossa fasquia. Não vivam resignados.

 

 

8 | Olhem-se ao espelho com carinho. Sem estigmas. Sem dogmas. Sem padrões irreais.

 

9 | Deixem de querer precipitar todas as coisas. Tudo precisa de tempo para crescer e evoluir.

 

10 | Percebam a diferença entre desistir e saber quando já ultrapassou todos os limites. Se já chega… Chega!

 

11 | Aprendam coisas novas. Sempre!

 

12 | Valorizem aquilo que têm, mais do que a constante quimera do que o futuro poderá trazer. Vivam aqui e agora!

 

13 | Lembrem-se que é mais importante ‘Ser’ do que ‘Ter’.

 

14 | Permitam-se ser quem são, e não aquilo que os outros querem ou esperam que vocês sejam.

 

15 | Não tenham medo da mudança! Façam da vossa saúde e bem-estar a mais importante das prioridades.

 

O fundamental é conseguirem mudar a perspectiva que têm das coisas e do mundo. Sintam-se realmente gratos por quem são e por todas as coisas que a vida tem de bom. É tão simples e tão transformador.

 

 

Esta é a verdadeira resolução (ou revolução)!

 

 

Deixem-se inspirar, não se vão arrepender!

100
PERSPECTIVA
90
CORAGEM
95
CONSCIÊNCIA

Stay
connected

You’re less likely to catch a cold and
your brain will get sharper! ;)

Entrar

Looking
for Inspiration?

Get all the exclusive news, stories,
tips and happenings in your inbox!

By signing up, you agree to receive our
newsletter and accept our web terms of use
and privacy and cookie policy.

YOUR CHOICES
Play All Replay Playlist Replay Track Shuffle Playlist Hide picture